LIGUE GRÁTIS: 0800 878 3169

Precificação: o que é, como calcular e melhores práticas

precificacao-o-que-e-como-calcular-e-melhores-praticas-20210209090509.jpg

Precificação é um termo que anda muito em voga ultimamente. No entanto, você sabe o que ele significa e como aplicá-lo? A precificação é um procedimento que auxilia na maximização da capacidade produtiva das organizações utilizando o lucro como lógica.

Ele é capaz de garantir que o sucesso comercial de qualquer empresa cresça com maior segurança. A precificação, quando bem estruturada, é fundamental para decidir os valores de produtos ou serviços. Ela vai ajudar na criação de estratégias para vendas que sejam coerentes com o seu mercado e que produzam efeito real.

A seguir, vamos ver o que é e como utilizar a precificação para aumentar os lucros de uma empresa. Leia o post até o final e compartilhe!

Diferenças entre Valor e Preço

É muito comum fazer confusão, mas preço e valor não são as mesmas coisas. Há importantes diferenças em seus significados, levando a sentidos diferentes.

Ao falarmos em preço, o que é levado em consideração é o lado quantitativo do produto ou serviço oferecido pela sua empresa. Ele é calculado utilizando como ponto inicial os procedimentos que envolvem sua fabricação/prestação e o lucro que a empresa deseja por isso.

Sendo assim, o preço é calculado pelo somatório de variáveis como despesas de operação e de produção, custos, tributação e margem de lucro desejada.

No entanto, quando o assunto é valor, a coisa não está relacionada diretamente a dinheiro. Ele é relativo à percepção que o consumidor tem do produto ou serviço oferecido pela empresa. Ou seja: é o consumidor que tem o poder de qualificar e dar valor, levando em consideração coisas como exclusividade, status, inovação, qualidade, necessidade etc.

Se o consumidor tiver a percepção de que um produto é de boa qualidade é comum que ele compre sem pensar muito, mesmo que o seu preço seja alto. Isto porque ele dá valor às características que o produto possui, independentemente de seu preço e dos preços da concorrência.

O que é precificação?

Quando se entende os conceitos e as diferenças entre preço e valor, fica mais fácil entender como fazer uma boa estratégia de precificação. Isto porque precificar significa, de maneira resumida, atribuir uma quantia justa ao serviço ou ao bem de uma organização.

Independentemente do tamanho da empresa, ela precisa adotar estratégias de precificação. Isto porque este é um planejamento que tem a responsabilidade de aumentar o volume de vendas do bem ou serviço oferecido pela empresa e pela obtenção de lucro.

Alguns fatores fazem com que a precificação seja muito importante para uma empresa. São eles:

· Manter sua empresa competitiva no mercado;

· Ajustar o preço do produto/serviço com o poder aquisitivo do público alvo, sem deixar de lucrar;

· Definir uma estratégia de vendas, conhecendo quais os preços máximo e mínimo que podem ser cobrados pelo produto/serviço.

Além disso, antes de escolher sua estratégia de precificação, é preciso observar alguns pontos importantes:

· Ter o conhecimento sobre todos os custos e despesas operacionais;

· Definir qual a margem de lucro líquido que a empresa deseja ter;

· Ficar sempre de olho no mercado e nunca ignorar suas tendências.

Como precificar

Após levar em consideração todos os pontos mostrados acima, chegou a hora de precificar seu produto/serviço. Sendo assim, você pode escolher a estratégia levando em conta alguns critérios:

1. Precificação baseada no custo:

A Precificação baseada no custo é chamada também de mark-up. Este método é o mais comum para as empresas que adotam a estratégia de precificação. Mas como fazer?

Neste caso, o preço do produto/serviço tem como base o seu custo. Isto quer dizer que é preciso calcular os custos de execução e produção para tirar o seu bem do mundo das ideias e transformá-lo em algo tangível/físico. Depois, é preciso adicionar a margem de lucro planejada pela empresa. Este resultado é o preço final do produto/serviço.

Embora seja uma estratégia muito utilizada, ela alguns problemas. Pode faltar equilíbrio no preço em relação ao mercado. Isto quer dizer que o preço pode estar muito baixo para atrair consumidores e não ser interessante para a empresa ou o preço pode estar muito alto, afastando os consumidores.

2. Precificação baseada no valor percebido pelo consumidor:

Este método de precificação leva em consideração aquela discussão sobre a diferença entre preço e valor. Como ela tem como base o valor percebido, a estratégia leva em conta as qualidades percebidas pelos consumidores sobre sua empresa, marca e produto/serviço.

O principal é ter noção do impacto que o bem fará no cotidiano do seu público-alvo. Essa estratégia ajuda a sua empresa a fazer com que o consumidor veja o seu negócio mais como um aliado do que como um prestador de serviços. A empresa se importa e quer ajudar o cliente a chegar aonde ele deseja e ter os melhores resultados. É a chamada construção de valor de uma marca, muito ligado à estratégia de branding.

3. Precificação baseada na concorrência:

Ao utilizar esse método de precificação, a empresa deve se basear em sua concorrência direta para encontrar o preço para o produto/serviço. Ele é muito usado quando o que a organização oferece é algo abstrato, o que se torna mais difícil para encontrar um preço real. Como exemplo, temos os serviços criativos, como de design. Essas empresas ou profissionais acabam tendo que olhar sua concorrência para descobrir quanto se está cobrando para conseguir chegar a um preço mais facilmente.

4. Precificação baseada na sazonalidade:

Esta estratégia de precificação utiliza variações que tem a ver com épocas do ano. Sendo assim, é possível pensar o preço de seu produto/serviço para a época do Natal, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados etc. Assim, a empresa cria promoções e descontos exclusivos para determinadas épocas. Mas para usar essa estratégia, é preciso que seu produto ou serviço se encaixe com as datas comemorativas.

5. Precificação baseada no volume:

Uma outra estratégia de precificação é o aproveitamento das oportunidades através do volume de compra realizado pelo cliente. Traduzindo em bom português, é a famosa promoção “Leve dois, pague um”.

Este post foi interessante para você? Tirou suas dúvidas? Agora acesse nosso site e preencha o formulário para receber outras informações e para entrar em contato.

 

banner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale pelo whatsapp

Este site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Ao clicar em "Aceitar" você concorda com o uso de cookies. Saiba mais acessando nosso termo de uso.

voltar ao topo